31 de mar de 2010

HERANÇAS E LEMBRANÇAS

Sou neta e filha de costureiras e por incrível que pareça só lembrei da importância disso um dia desses, enquanto quebrava a cabeça pra fazer um dos meus wip's. Minha avó mal teve estudo, costurou desde criança e tudo o que teve na vida foi fruto da máquina e dos tecidos. Criou dois filhos, ajudou a criar duas netas e na terceira idade viajou quase o mundo inteiro com o dinheiro que ganhou costurando.

Minha mãe não 'precisou' costurar profissionalmente, mas quando ia pra máquina dava gosto de ver tanta perfeição. As roupas que ela fazia podiam ser usadas do avesso e ninguém percebia de tão bem feitas que eram. Minha irmã não gostava, preferia as grifes das lojas, mas eu adorava tudo o que minha mãe costurava pra mim. Eu praticamente não comprava roupas, só aquelas revistas antiguinhas tipo Manequim e Molda & Moldes. Eu escolhia, ela fazia e ficava lindo.

Minha mãe partiu com Jesus há quase seis meses e não teve tempo de ver a Fulozita progredindo e costurando tanto. Ela adorava meus bordados, ficava toda orgulhosa com o meu avesso e mesmo dodói consegui me ensinar a pregar bicos e fitas nas minhas toalhas de Ponto Cruz (antes era ela que fazia isso pra mim).

Sinto muita falta dela, muita vontade de compartilhar com ela cada progresso que faço, cada produto que vendo... O Atelier Fulozita é, antes de tudo, uma homenagem à minha mãe! Herdei dela o mesmo perfeccionismo e a gana de não desistir até que cada peça esteja pronta (e perfeita, rs). Ficou comigo também - e é onde trabalho - a velha e boa Singer que ela usou com tanta competência.

Além de uma saudade imensa...

(clique nas fotos para ampliar)






2 comentários:

Vivi - Vita Colorita disse...

Que post lindo, amiga!
Parabéns pelo blog e pela lojinha! Que Deus continue abençoando!
Amei as fotos! :*

Caty (Fulozita) disse...

Amigaaa, vc inaugurou! =)
Fico feliz de vc ter gostado.

Bjo doce de Páscoa pra tu =**